sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Capítulo 2 - “Se a verdade é que eu sou um fardo para você, é melhor eu não ser mais sua amiga!”

Por Demi
Depois da música sentamos de novo, enquanto a Miley olhava o Nick, que olhava a Nicole eu ficava bebendo e cada vez mais, é melhor eu falar com a Miles antes que eu fique bêbada.
Demi: Nós só dançamos uma música, vai ou não vai tentar uma coisa com o Nick?! - acho que fui direta demais. Mais eu não aquento mais!
Miley: Espera mais um pouquinho! - ela suplicou fazendo a cara do gato do Sherk. Como eu podia dizer não para aquela carinha?
Demi: Mais 10 minutos. - bufei.
Miley: Te amo! - e continuou a observa-lo. Depois de uns cinco minutos. - Vou lá amiga, me deseje sorte – ela cruzou os dedos e foi em direção ao Nick.
Estava tudo bem no caminho da Miles, até que alguém bloqueou ela, era uma figura familiar mais a luz não estava cooperando. Até que vi que era o Drew, o carinha gato super afim da Miley, que ela não dá a mínima bola! Ele começou a conversar com ela, e ela, como sempre, tava nem ai para ele. Ela ficava tetando enxergar o Nick, mas não conseguia, e ela ficava fazendo sim com a cabeça para tudo que o Drew dizia, até que teve uma hora que ele pegou o rosto dela, e a beijou. Quase cai para trás quando vi a cena, depois ela deu um tapa na cara dele e veio até mim
Miley: Não acredito que ele fez isso! - ela não parava de limpar o lábio – É bom ele nunca mais me procurar!
Demi: Vamos embora? - perguntei com um olhar matador.
Miley: Mas eu nem falei com o Nick!
Demi: Teve sua chance.
Miley: Não faz nem uma hora que estamos aqui! - ela cruzou os braços – Tenta se divertir pelo menos uma vez! - ela ta dizendo que eu não me divirto? Eu sei que ela é minha miga, mais o sangue subiu a cabeça.
Demi: Olha aqui, quem não se diverti aqui é você! Tem um cara super gato dando mole para você, mais não o único que importa é o Nick! Tá sempre me arrastando para essas festas dizendo que vai tentar com o Nick mais nunca tenta! Sempre fica sentada! E quem tem que te aturar sou eu! Eu to sempre te consolando, só por isso eu não me divirto! EU TO CANSADA!
Miley: Não sabia que você tinha que me aturar, eu não quero mais ficar nessa festa – ela ia sair mais eu agarrei o braço dela.
Demi: Miley! Desculpa, mais eu só fale a verdade!
Miley: Se a verdade é que eu sou um fardo para você, é melhor eu não ser mais sua amiga!
Demi: Você não é um fardo para mim! Só as vezes... mas você é minha melhor amiga. A única em que eu confio e que sempre me ajuda quando eu preciso, eu só estava irritada, me perdoa. - eu estava muito arrependida, e se ela não fosse ser mais minha amiga, acho que eu não sei o que vai ser de mim.
Miley: Você também é a única que eu confio, e é melhor e parar de arrastar você para toda festa para tentar conquistar o Nick.
Demi: A ta que você vai vir sozinha! Eu to aqui para te apoiar, e prometo não reclamar mais!
Miley: Eu também vou fazer minha parte! Essa é a última festa que eu te arrasto para tentar conquistar o Nick, vou agora falar com ele – e lá foi ela, toda confiante até o Nick.
Vi ela piscando com os olhos várias vezes, e ele parecia estar sorrindo, queria saber o que eles estavam conversando. Ela se aproximou mais dele, colocou uma das mãos em seu pescoço e começou a fazer carinho em sua nuca. Ele ficou com uma cara estranha tirou a mão dela de volta do seu pescoço e se afastou um pouco e deu uma risada, deveria ter achado que era uma brincadeira, ela deu um sorrisinho amarelo e ele começou a conversar com ela normalmente, como eles faziam na escola.
Depois de um tempo ela veio até mim.
Miley: Já faz quanto tempo que estamos aqui?
Demi: Agora vai completar, uma hora!
Miley: Você quer ir embora?
Demi: Só se você quiser.
Miley: Vamos dançar um pouco?
Demi: Vamos, e depois arranjar uns gatinhos – e fomos para a o meio da galera dançar Bad Romance. Nós bebemos mais um pouco, acho que ficamos quase vinte minutos dançando, depois nos sentamos, novamente. - Se divertindo agora?
Miley: Muito! – e começou a rir como uma louca, acho que ela bebeu além da conta. Para não parecer isso ri junto, para os que estivessem passando achassem que estávamos rindo de alguma besteira que avimos visto ou contado. - Por que ta rindo? O que tem graça?
Demi: Você tem graça! - comecei a rir de novo. Só que dessa vez de verdade.
Miley: Por que? - ela fica muito engraçada quando estava “alegrinha”.
Demi: Esquece Miles. - só vi a figura da Kristen vindo na nossa direção, com a Greene atrás.
Kristen: O que estão fazendo sentadas ai, com essa festa bombando?
Ashley: Isso é óbvio! Elas estão no lugar das perdedoras na festa. - a Kristen só virou para trás, deve ter fuzilado ela. - Desculpa?
Kristen: Bem melhor!
Miley: É que eu to meio tonta – ela tentou se levantar, mais não conseguia se equilibrar, a Kristen e eu tivemos que ajudar ela a se sentar de novo, e começou a rir – Vamos dançar!
Ashley: Isso é demais, tenho que contar para o pessoal! O GEN... - a Kristen puxou ela.
Kristen: Se você falar mal dela, já era nossa amizade!
Ashley: Tá! - ela ficou insatifeita.
Nicole: Não acredito, a Cyrus tá bêbada? - a Anderson começou a rir que nem uma hiena–GENTE, OLHA A NERD BEBUM! - ela apontou para a Miley, completamente bêbada e todo mundo começou a rir!
Nick: Miley? - ele se ajoelhou perto dela – Por que você ta assim?
Miley: Por sua causa gatinho – ela tinha cabado de dizer que ele era gato, tenho que ajudar ela.
Demi: Ela fala bobagem quando ta bêbada, não liga pra ela.
Miley: Agora ta esquecida amiga? Eu te falei hoje mesmo que... - tapei a boca dela antes que ela se declarasse para ele.
Kristen: A gente tem que levar ela para casa ! Pode ajudar Nick?
Nick: Claro – Nick pegou a Miles que em noiva, e passou pelo meio de todo mundo, que começaram a rir dela. Chegamos no carro, ela ajudou a colocar ela e depois deu um beijo em sua testa. - Me liga quando ela chegar em casa.
Kristen: Pode deixar!
Miley: Vem comigo gatinho! - ela esticou os braços para ele.
Demi: Fica quieta! Você vem com a gente, Kristen?
Kristen: Claro, ela é minha prima! - ela entrou no banco da carona e eu no do motorista (ava, é mesmo?) e seguimos caminho para a casa dela.
Chegando lá, a Kristen abriu a porta enquanto eu ajudava a Miley, até que veio a mãe dela ver o que tinha acontecido.
Tish: A Miley ta bêbada? - não ela tá só fingindo! As pessoas fazem cada pergunta.
Kristen: Tá, por isso trouxemos ela para casa – Tish e Kristen começaram a carregar Miley pela as escadas, e eu logo atrás.
Chegamos no quarto da Miley, a mãe dela colocou o seu pijama, e depois a colocou na cama. Descemos e ela pediu para nós sentarmos.
Tish: Por que a Miley ficou desse jeito?
Demi: Nós estávamos dançando, e acabamos bebendo mas ela bebeu mais que eu.
Tish: Quem liberou essa bebida? Vocês não tem idade!
Kristen: Você sabe muito bem que nós bebemos!
Tish: Eu vou deixar essa passar, mais eu vou falar com o seus pais Demi.
Demi: Compreendo Sra. Cyrus.
Tish: Mais obrigada por trazer minha filha de volta para casa.
Demi: Para isso os amigos servem – me levantei, ajeitei meu vestido – Eu vou indo!
Kristen: Te acompanho até a porta – ele me acompanhou e depois peguei meu carro, e fui para a minha casa.
Chegando lá, meus pais perguntaram porque eu cheguei tão cedo, contei resumidamente o que tinha acontecido e subi as escadas, troquei de roupa, lavei o rosto me deitei na cama e acabei por dormir.

2 comentários:

  1. Que lindo! *-*

    Já postei o 131! Visita, pff :)

    ResponderExcluir
  2. POSTA LOGO!
    o capitulo ta incrivel!
    eu simplimente AMEI essa fic!

    ResponderExcluir